Pular para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade
Seu Verão também é aqui

Coluna do Rod Silva: AS CANÇÕES DA MINHA INFÂNCIA

Postado em 23/05/23

Essas estrelas da Música Brasileira se tornaram imortais, principalmente pela qualidade vocal, assim como pela qualidade das músicas

Houve um tempo de ouro, no qual o Cancioneiro Brasileiro viveu sua grande plenitude. Foi a Era do Rádio, quando as grandes vozes embalavam o imaginário do público presente ao auditório da antiga Rádio Nacional e nas residências, com o rádio sintonizado nas grandiosas e calorosas competições musicais.


Mais tarde, vieram os grandes festivais da canção da TV Record. Quem se lembra de Jair Rodrigues defendendo a sua “Disparada” e da imortal Elis Regina, arrebatando a todos com “Arrastão”? Mais especificamente nas competições da Rádio Nacional, grandes nomes se destacaram, como Ângela Maria, Dalva de Oliveira, Maysa, Elizeth Cardozo e Aracy de Almeida. 

Essas estrelas da Música Brasileira se tornaram imortais, principalmente pela qualidade vocal, assim como pela qualidade das músicas que cantavam e que para sempre estarão a cintilar a constelação musical do Brasil. 

Entre os cantores, nomes como Orlando Silva, Jair Rodrigues, Edu Lobo, Oswaldo Montenegro, Emilio Santiago e Alceu Valença, fincaram seus nomes no Panteão Artístico Brasileiro e para sempre lá estarão, servindo como referências para as gerações futuras. Aliás, a geração “musical” atual está precisando beber dessa fonte, pois esses “cantores e cantoras” que aí estão, como produtos de mídia, sem talento e sem valorizarem a qualidade musical, não podem se perpetuar e jamais serão referências positivas para as pessoas de bom gosto. 


Outro exemplo, refere-se ao “desvio de conduta” da Música Sertaneja, uma vez que em nada faz mais relação à Música de Raiz. Observem as letras dos sertanejos atuais e verão que não se faz mais referência à plantação ou ao homem do campo. Os cantores caipiras de outrora, deram lugar a “cantores” de calça apertada e músculos à mostra. 

O que se apresenta hoje como Música Sertaneja, não passa de um punhado de canções que remetem às traições amorosas, à bebida, à “sofrência”, palavra aliás que nem faz parte do Dicionário da Língua Portuguesa, ainda, pois tudo o que não presta e induz ao uso errôneo da nossa Língua-Mãe, sempre tem lugar de destaque. 

E como um invólucro de mal gosto, a Música Brasileira se transformou em uma cantada sexual barata, tendo a BUNDA como vetor de força para proliferar a péssima qualidade desses “artistas”, os quais se atamancam do esgoto para poluir o ar que adentram os nossos ouvidos cansados de ouvir o que não presta. 


São todos subprodutos que surgem em nome do marketing maldito, que se alimenta da ignorância de muitos e da falta de cultura de tantos mais. Enquanto isso, nos rincões desse imenso Brasil, aqueles que tem o dom de cantar e encantar, continuam no anonimato porque, “infelizmente”, eles prezam pela qualidade, mas não têm vez, enquanto a maior parte do público brasileiro prefere se alimentar de lixo musical.

Comentários

Prefeitura de Gravatá

Postagens mais visitadas deste blog

OUTUBRO ROSA

Postado em 04 de outubro de 2023 Inteligência Artificial e rastreamento personalizado são os novos aliados no combate ao câncer de mama   O combate ao câncer de mama ganhou uma poderosa aliada: a inteligência artificial. É uma notícia alentadora em meio ao crescimento de taxas de câncer de mama em países como o Brasil e surge como reforço ao movimento internacional Outubro Rosa. Nenhuma tecnologia substitui o cuidado humanizado com a saúde da mulher, mas especialistas destacam que a Inteligência Artificial (IA) tem feito grande diferença na rotina diagnóstica, ajudando a melhorar a qualidade das imagens e apontando achados sutis que podem mostrar o câncer em estágios iniciais. O indicativo é que a IA pode contribuir a partir dos algoritmos de “deep learning”, com o objetivo de potencializar o aprendizado de máquinas, utilizando técnicas avançadas que empregam um raciocínio similar ao ser humano, fazendo com que as máquinas aprendam padrões por meio das redes neu

Atenção!

Postado em 19/04/23 A Prefeitura de Gravatá informa que na manhã desta quarta-feira (19), um jacaré foi capturado na Rua Quintino Bocaíuva, próximo ao Rio Ipojuca. A equipe da Guarda Municipal passava no local quando foi comunicada e, ao isolar o local, acionou o Corpo de Bombeiros para a captura do animal. Alertamos a todos que se avistarem algum animal selvagem, não se aproximem e acionem imediatamente a equipe da Defesa Civil, Guarda Municipal ou Corpo de Bombeiros para realizar a captura. Mantenha-se seguro e alerta em sua comunidade, e sempre comunique às autoridades caso observe algum animal que possa representar um risco. Juntos, podemos manter nossa cidade segura! Gravatá, 19 de abril de 2023. - Defesa Civil e Guarda Municipal 0800 000 1379 - Bombeiros Militar 193

Fortes chuvas

Postado em 25/05/22 Alepe suspende trabalhos presenciais, mas mantém expediente remoto A Assembleia Legislativa de Pernambuco decidiu suspender o expediente presencial nesta quarta-feira (25/05) em virtude das fortes chuvas que atingem o Recife e a Região Metropolitana do Estado. As atividades administrativas, no entanto, estão mantidas de forma remota para não comprometer a gestão da Casa.  “Diante dos riscos que a chuva traz com alagamentos e outros transtornos, a prioridade deve ser a segurança. Temos condições de manter as atividades de forma remota, preservando a integridade dos servidores e seguindo com nossas tarefas no Legislativo”, informou o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PSB).  As reuniões das comissões, assim como a sessão plenária, previstas para esta quarta, serão retomadas na próxima semana. Para amanhã, a biblioteca da Alepe promove mais uma edição do “Clube da Leitura” com debate sobre a obra de Michel A. Singer: “A alma indomá