Pular para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade
Seu Verão também é aqui

COLUNA DO ROD SILVA: BRASIL – UM PAÍS QUE NÃO LÊ!


Postado em 19/09/21

Ler, para a minha geração, sempre foi e continua a ser algo prazeroso e gratificante, pois através da leitura nos permitimos viajar por mundos de conhecimentos e aventuras fantásticas


Viajando pelo Metrô de Toronto, no Canadá, notei algo muito interessante que me chamou a atenção e me fez refletir e concluir sobre o motivo pelo qual a população canadense ser tão pensante e consciente em suas opções políticas e sociais.  A resposta estava à minha frente, pois vi que a maioria dos passageiros estava lendo. Parecia que estavam em uma biblioteca, pois o silêncio pairava no ambiente, apesar de estarmos em horário de pico. 


Naquele momento, me transportei aos meus tempos estudantis e me veio à lembrança os tempos em que as Aulas de Português, além do conteúdo didático, também tinham Aulas de Leitura e Interpretação de Texto. Era uma época em que todos liamos e frequentávamos a biblioteca da nossa escola de forma constante. 

Ler, para a minha geração, sempre foi e continua a ser algo prazeroso e gratificante, pois através da leitura nos permitimos viajar por mundos de conhecimentos e aventuras fantásticas, onde damos asas à imaginação sem termos que sair do lugar de onde estamos. Tudo vai da imaginação.  

A leitura é um dos pilares da evolução intelectual de cada indivíduo. No entanto, com o passar dos anos, infelizmente no Brasil essa tendência fez um caminho regresso. “Um amargo regresso” à falta de leitura, à degradação da nossa cultura e à falta de formação de opinião, como se o nosso país tivesse entrado em um beco sem saída. Ou seria o “Beco das Garrafas?” 


Recentemente, assisti a um painel literário com escritores brasileiros em Nova Iorque e fiquei deveras revoltado, quando indaguei aos participantes sobre o ponto de vista deles a respeito do Escritor José Lins do Rego e da Escritora Raquel de Queirós e apenas um dos escritores sabia falar sobre esses baluartes da Literatura Brasileira. “Cego às avessas. Como num sonho, vejo o que desejo,” como bem escreveu Caetano Veloso. 

Outro fato que me chama muito atenção, é que no Brasil o mercado editorial é agonizante, posto que apesar de termos uma população de mais de 210 milhões de pessoas, em nosso país um livro é considerado campeão de vendas se alcançar a bagatela de 3 mil exemplares vendidos. Isso é incomensuravelmente ínfimo, se correlacionarmos com a população brasileira. 

Esses dois fatos acima relatados, muito dizem do atual cenário da Educação Brasileira, onde graças às péssimas políticas de ensino, os nossos heroicos e mal remunerados PROFESSORES não têm mais autonomia sobre os alunos, pois o chamado politicamente correto, segundo o método criado pelo centenário Paulo Freire, essa prática torna o Professor um ditador. 

O resultado dessa degradação está aí, para todos verem com seus olhos hipócritas e coniventes: o Brasil está se tornando em um país de “analfabetos funcionais,” onde a valorização da bunda tem mais valor que uma obra literária. E quem lucra com tudo isso? Todos que estão em Brasília, a apodrecer a vida. Ou seja, quanto mais burra a população, mais eles se perpetuarão no poder. “Podes poderes.”

No final das contas, estão transformando o Brasil em um “monte de tijolos com pretensões à casa,” mas que não passaremos de um “monte de estrumes para o futuro.” Álvaro de Campos previu isso em seu célebre texto “Ultimatum”, de 1917. Tão antigo e tão contemporâneo ao mesmo tempo, como em uma “estúpida retórica.” Resta-nos uma pergunta para a reflexão geral: aonde chegaremos? 

QUEM MAL LÊ, MAL SABE, MAL OUVE, MAL VÊ.” Monteiro Lobato.

Comentários

Prefeitura de Gravatá

Postagens mais visitadas deste blog

OUTUBRO ROSA

Postado em 04 de outubro de 2023 Inteligência Artificial e rastreamento personalizado são os novos aliados no combate ao câncer de mama   O combate ao câncer de mama ganhou uma poderosa aliada: a inteligência artificial. É uma notícia alentadora em meio ao crescimento de taxas de câncer de mama em países como o Brasil e surge como reforço ao movimento internacional Outubro Rosa. Nenhuma tecnologia substitui o cuidado humanizado com a saúde da mulher, mas especialistas destacam que a Inteligência Artificial (IA) tem feito grande diferença na rotina diagnóstica, ajudando a melhorar a qualidade das imagens e apontando achados sutis que podem mostrar o câncer em estágios iniciais. O indicativo é que a IA pode contribuir a partir dos algoritmos de “deep learning”, com o objetivo de potencializar o aprendizado de máquinas, utilizando técnicas avançadas que empregam um raciocínio similar ao ser humano, fazendo com que as máquinas aprendam padrões por meio das redes neu

Atenção!

Postado em 19/04/23 A Prefeitura de Gravatá informa que na manhã desta quarta-feira (19), um jacaré foi capturado na Rua Quintino Bocaíuva, próximo ao Rio Ipojuca. A equipe da Guarda Municipal passava no local quando foi comunicada e, ao isolar o local, acionou o Corpo de Bombeiros para a captura do animal. Alertamos a todos que se avistarem algum animal selvagem, não se aproximem e acionem imediatamente a equipe da Defesa Civil, Guarda Municipal ou Corpo de Bombeiros para realizar a captura. Mantenha-se seguro e alerta em sua comunidade, e sempre comunique às autoridades caso observe algum animal que possa representar um risco. Juntos, podemos manter nossa cidade segura! Gravatá, 19 de abril de 2023. - Defesa Civil e Guarda Municipal 0800 000 1379 - Bombeiros Militar 193

Fortes chuvas

Postado em 25/05/22 Alepe suspende trabalhos presenciais, mas mantém expediente remoto A Assembleia Legislativa de Pernambuco decidiu suspender o expediente presencial nesta quarta-feira (25/05) em virtude das fortes chuvas que atingem o Recife e a Região Metropolitana do Estado. As atividades administrativas, no entanto, estão mantidas de forma remota para não comprometer a gestão da Casa.  “Diante dos riscos que a chuva traz com alagamentos e outros transtornos, a prioridade deve ser a segurança. Temos condições de manter as atividades de forma remota, preservando a integridade dos servidores e seguindo com nossas tarefas no Legislativo”, informou o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PSB).  As reuniões das comissões, assim como a sessão plenária, previstas para esta quarta, serão retomadas na próxima semana. Para amanhã, a biblioteca da Alepe promove mais uma edição do “Clube da Leitura” com debate sobre a obra de Michel A. Singer: “A alma indomá