Pular para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade
Seu Verão também é aqui

Aterro Sanitário de Gravatá será ampliado para garantir o funcionamento do equipamento.



Equipe da Agência Estadual do Meio Ambiente (CPRH) realiza visita no local para identificar os problemas e necessidade de ampliação.

A Prefeitura Municipal de Gravatá por meio da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano recebeu nesta terça-feira (16), a visita técnica do diretor de Controle de Fontes Poluidoras da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), Eduardo Alvino, ao aterro sanitário para verificar possíveis problemas no equipamento e buscar soluções imediatas.


Estiveram presentes o secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano, Ricardo Malta e o assessor, Felipe Maciel, secretário de Planejamento e Orçamento, Vital Medeiros, o presidente da Agência de Meio Ambiente, Artur Teixeira, secretário executivo de Turismo, Ricardo Machado, e o encarregado do aterro, Lucivaldo Ferreira.


A gestão tomou conhecimento que o aterro sanitário está com tempo de vida útil para expirar em março de 2023, podendo ser antecipado para o próximo ano. Diante da situação preocupante, o primeiro passo é executar um projeto de ampliação do aterro para ganhar uma sobrevida enquanto se faz a aquisição de uma nova área.


De acordo com o diretor de Controle de Fontes Poluidoras da CPRH, Eduardo Alvino, a visita teve o intuito de vistoriar o aterro sanitário para ver as condições que é tem uma boa operação, sem maiores problemas. “A ideia é viabilizar a ampliação dele com a célula que fica ao lado do aterro para que exista mais vida útil, além disso inserir uma proposta de coleta seletiva para dentro do município fazendo com que as contribuições da população separando os resíduos facilite e aumente a vida útil do aterro sanitário”, disse.  


Para Ricardo Malta, secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Controle Urbano, é de relevância a ampliação de células para que não haja saturação do aterro. “A legislação de resíduo sólido é muito exigente e tem todo um processo. Então, estamos tentando conseguir uma ampliação desse aterro para uma sobrevida e dar tempo de realizar esse projeto, assim garantir que a cidade de Gravatá faça a destinação do resíduo sólido de forma correta”, disse.


A visita técnica é de importância para identificar a real situação do aterro sanitário, verificar possíveis problemas e avaliar soluções especialmente no que diz respeito à criação de novas áreas ou células de aterro. Segundo Artur Teixeira, presidente da Agência de Meio Ambiente: “Para que a cidade possa ter uma destinação adequada dos seus resíduos e a gente precisa antecipar e pensar em uma solução antes que o equipamento chegue ao seu limite. Por isso, essa visita é a soma de esforços com a CPRH, a Secretaria de Mobilidade e Serviços Públicos para que isso possa ser viabilizado”, pontuou.

Reportagem: Mathilde Souza
Fotos: Anderson Souza (SECOM)

Comentários

Prefeitura de Gravatá

Postagens mais visitadas deste blog

OUTUBRO ROSA

Postado em 04 de outubro de 2023 Inteligência Artificial e rastreamento personalizado são os novos aliados no combate ao câncer de mama   O combate ao câncer de mama ganhou uma poderosa aliada: a inteligência artificial. É uma notícia alentadora em meio ao crescimento de taxas de câncer de mama em países como o Brasil e surge como reforço ao movimento internacional Outubro Rosa. Nenhuma tecnologia substitui o cuidado humanizado com a saúde da mulher, mas especialistas destacam que a Inteligência Artificial (IA) tem feito grande diferença na rotina diagnóstica, ajudando a melhorar a qualidade das imagens e apontando achados sutis que podem mostrar o câncer em estágios iniciais. O indicativo é que a IA pode contribuir a partir dos algoritmos de “deep learning”, com o objetivo de potencializar o aprendizado de máquinas, utilizando técnicas avançadas que empregam um raciocínio similar ao ser humano, fazendo com que as máquinas aprendam padrões por meio das redes neu

Atenção!

Postado em 19/04/23 A Prefeitura de Gravatá informa que na manhã desta quarta-feira (19), um jacaré foi capturado na Rua Quintino Bocaíuva, próximo ao Rio Ipojuca. A equipe da Guarda Municipal passava no local quando foi comunicada e, ao isolar o local, acionou o Corpo de Bombeiros para a captura do animal. Alertamos a todos que se avistarem algum animal selvagem, não se aproximem e acionem imediatamente a equipe da Defesa Civil, Guarda Municipal ou Corpo de Bombeiros para realizar a captura. Mantenha-se seguro e alerta em sua comunidade, e sempre comunique às autoridades caso observe algum animal que possa representar um risco. Juntos, podemos manter nossa cidade segura! Gravatá, 19 de abril de 2023. - Defesa Civil e Guarda Municipal 0800 000 1379 - Bombeiros Militar 193

Grupamento de Bombeiros do 1º GB realizou Treinamento Integrado de Resgate em Gravatá

Postado em 29 de maio de 2024 Participaram da atividade a Defesa Civil, o Samu, a Polícia Militar, a Guarda Civil Municipal e a Secretaria de Saúde O Grupamento de Bombeiros do 1° GB organizou uma iniciativa importante, reunindo diversas entidades para uma aula teórica seguida de treinamento integrado e prático. A instrução de resgate em Áreas Inundadas e Sistema de Comando de Incidentes (SCI) aconteceu segunda-feira (27) no quartel dos bombeiros de Gravatá. Participaram da atividade a Defesa Civil, o Samu, a Polícia Militar, a Guarda Civil Municipal e a Secretaria de Saúde. Este treinamento é o primeiro passo para a realização de ações práticas que envolvem instituições da linha de frente em cenários de desastres, promovendo a cooperação e aprimoramento das técnicas de resgate e resposta a emergências. Reportagem: Mathilde Souza com colaboração da Defesa Civil Fotos: cortesia da Defesa Civil