Pular para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade
Seu Verão também é aqui

MINISTRO DIZ QUE NÃO HÁ AJUSTES A SEREM FEITOS NA SEGURANÇA DOS JOGOS.



O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, afirmou nesta sexta-feira (12) que não há ajustes a se fazer no esquema de segurança da Olimpíada Rio 2016 após a morte de um agente da Força Nacional. Hélio Andrade formava parte da equipe de militares que foi atacada a tiros na quarta-feira (10) ao entrar por engano em uma das comunidades da Maré, na Zona Norte do Rio.
Etchegoyen falou com a imprensa após reunião no Centro do Rio com outras autoridades. O ministro definiu a morte do militar como uma "fatalidade". "Não há mudança nem ajustes a serem feitos. Não há problema. Existe um planejamento feito. O que houve foi uma fatalidade, reconhecidamente, tem que ser reconhecida como um ponto. Mudar esse processo seria uma irresponsabilidade."
Participaram da reunião os ministros Alexandre de Moraes (Justiça), Eliseu Padilha (Casa Civil) e Leonardo Picciani (Esporte); o chefe da polícia civil do Rio, Fernando Veloso, e o secretário estadual de segurança, José Mariano Beltrame, além do prefeito Eduardo Paes.
Etchegoyen disse que a morte do militar foi abordada na reunião e que "chocou a todos", mas afirmou não concordar com a análise de que houve mais preocupação com ameças externas – em alusão ao terrorismo – do que internas no planejamento da segurança da Olimpíada.
Ele ainda fez críticas a maneira que o caso foi retratado pela imprensa, dizendo que o "espírito olímpico venceu o espírito de porco" e que "não se pode deixar de ver a floresta para ver a árvore". Etchegoyen se mostrou orgulhoso pelas autoridades brasileiras terem prendido "redes de terrorismo", fazendo aparentes referências a Operação Hashtag.
Também nesta sexta-feira, o presidente da República em exercício, Michel Temer, classificou de "lamentável acidente" a morte do agente da Força Nacional Hélio Andrade que estava no Rio de Janeiro para atuar na segurança da Olimpíada. Temer deu a declaração a jornalistas no Palácio do Planalto após se reunir com o presidente da Armênia, Serj Sargsyan. O governo federal também decretou luto de um dia.
O agente da Força Nacional Hélio Andrade, baleado durante um ataque a um carro da corporação no complexo de favelas da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro, morreu na noite desta quinta-feira (11), informou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em mensagem postada em seu perfil no Facebook.
O ataque à Força Nacional aconteceu na quarta (10), depois que três agentes da corporação entraram por engano na Vila do João, uma das comunidades do conjunto de favelas da Maré. Após ser baleado na cabeça e socorrido em estado grave no Hospital Salgado Filho, Hélio foi operado por uma equipe de três neurocirurgiões durante 4 horas e meia. Ao ser ferido, o soldado perdeu muita massa encefálica. Ele, porém, não resistiu ao ferimento.
De acordo com o comandante da PM de Roraima, coronel Dagoberto Gonçalves, o soldado morava no Rio de Janeiro desde 2015 e estava atuando na Força Nacional durante as Olimpíadas. Ele ingressou na PM de Roraima em 2003 e integra a Força Nacional desde 2014. Além de Hélio, os outro agente da Força Nacional ficou ferido no ataque. O capitão Alen Marcos Rodrigues Ferreira, que atua em Cruzeiro do Sul, no Acre, teve ferimentos leves. O soldado Rafael Pereira, do Piauí, que também estava no veículo, escapou ileso.

Comentários

Prefeitura de Gravatá

Postagens mais visitadas deste blog

OUTUBRO ROSA

Postado em 04 de outubro de 2023 Inteligência Artificial e rastreamento personalizado são os novos aliados no combate ao câncer de mama   O combate ao câncer de mama ganhou uma poderosa aliada: a inteligência artificial. É uma notícia alentadora em meio ao crescimento de taxas de câncer de mama em países como o Brasil e surge como reforço ao movimento internacional Outubro Rosa. Nenhuma tecnologia substitui o cuidado humanizado com a saúde da mulher, mas especialistas destacam que a Inteligência Artificial (IA) tem feito grande diferença na rotina diagnóstica, ajudando a melhorar a qualidade das imagens e apontando achados sutis que podem mostrar o câncer em estágios iniciais. O indicativo é que a IA pode contribuir a partir dos algoritmos de “deep learning”, com o objetivo de potencializar o aprendizado de máquinas, utilizando técnicas avançadas que empregam um raciocínio similar ao ser humano, fazendo com que as máquinas aprendam padrões por meio das redes neu

Atenção!

Postado em 19/04/23 A Prefeitura de Gravatá informa que na manhã desta quarta-feira (19), um jacaré foi capturado na Rua Quintino Bocaíuva, próximo ao Rio Ipojuca. A equipe da Guarda Municipal passava no local quando foi comunicada e, ao isolar o local, acionou o Corpo de Bombeiros para a captura do animal. Alertamos a todos que se avistarem algum animal selvagem, não se aproximem e acionem imediatamente a equipe da Defesa Civil, Guarda Municipal ou Corpo de Bombeiros para realizar a captura. Mantenha-se seguro e alerta em sua comunidade, e sempre comunique às autoridades caso observe algum animal que possa representar um risco. Juntos, podemos manter nossa cidade segura! Gravatá, 19 de abril de 2023. - Defesa Civil e Guarda Municipal 0800 000 1379 - Bombeiros Militar 193

Fortes chuvas

Postado em 25/05/22 Alepe suspende trabalhos presenciais, mas mantém expediente remoto A Assembleia Legislativa de Pernambuco decidiu suspender o expediente presencial nesta quarta-feira (25/05) em virtude das fortes chuvas que atingem o Recife e a Região Metropolitana do Estado. As atividades administrativas, no entanto, estão mantidas de forma remota para não comprometer a gestão da Casa.  “Diante dos riscos que a chuva traz com alagamentos e outros transtornos, a prioridade deve ser a segurança. Temos condições de manter as atividades de forma remota, preservando a integridade dos servidores e seguindo com nossas tarefas no Legislativo”, informou o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PSB).  As reuniões das comissões, assim como a sessão plenária, previstas para esta quarta, serão retomadas na próxima semana. Para amanhã, a biblioteca da Alepe promove mais uma edição do “Clube da Leitura” com debate sobre a obra de Michel A. Singer: “A alma indomá