Pular para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade
Seu Verão também é aqui

1ª Dança dos Alunos movimentou a Rede de Ensino de Gravatá e apresentou frevo e forró para ninguém botar defeito*l

Postado em 27 de novembro de 2023

Atividade foi uma parceria entre a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Educação, e a Polícia Militar de Pernambuco, por meio do Núcleo de Prevenção e Articulação Social da 5ª CIPM

 
A cultura pernambucana é muito rica e os estudantes de Gravatá apresentaram o melhor do frevo e do forró na quadra da Escola de Referência do Ensino Médio Prof° Antônio Farias - EREMPAF, na tarde da segunda (27).


O 1º Dança dos Alunos de Gravatá, uma parceria entre a Prefeitura de Gravatá, por meio da Secretaria de Educação, e a Polícia Militar de Pernambuco, por meio do Núcleo de Prevenção e Articulação Social da 5ª CIPM, mobilizou escolas municipais e estaduais da cidade, como a própria EREMPAF, a Escola da Obra de Defesa da Infância Pobre - ODIP e a Escola Monsenhor José Elias de Almeida - CAIC e teve a participação de corpo de jurados, que avaliou as apresentações uma a uma e no final todos saíram ganhando com a atividade cultural.  


A subtenente da 5ª Companhia Independente de Polícia Militar de Pernambuco - 5ª CIPM, Jeanne Maria, organizadora do evento, falou sobre o intuito da Dança dos Alunos. “Começo minha fala agradecendo ao prefeito Joselito Gomes, o apoio da EREMPAF, e o intuito do evento foi trazer a juventude para a cultura popular, essa parceria entre a população de alunos e a Polícia Militar, pois nós temos um Núcleo de Prevenção e Articulação Social na 5ª CIPM, na pessoa do tenente-coronel Moisés, então a gente faz um trabalho de polícia comunitária dentro de algumas comunidades daqui de Gravatá. Então esse é o intuito: trazer a população mais próxima da PM e o trabalho de prevenção com os alunos. A maior arma contra a violência é a prevenção e eu acho que os alunos foram parceiros nisso. Essa foi a primeira edição, de muitas que vamos fazer, se Deus quiser, aqui em Gravatá e em Recife já realizamos três”.    


Caio Lima, estudante da EREMPAF, apresentou um número de frevo e achou a experiência válida. “Foi muito gratificante participar, porque muitas vezes no espaço escolar nós não temos muitos lugares para apresentar, então ter um apoio desse, com a prefeitura, poder dançar junto com outras escolas e ver diferentes modos de apresentação é maravilhoso. Dá uma vontade de dançar mais. A cultura pode tirar muitos jovens que acabaram entrando em caminhos errados, então foi muito louvável. Agradeço o empenho da PM em fazer esse concurso”. 


Entre os jurados, estava Genivaldo Francisco, gestor do núcleo de atividades culturais de Educação do Recife, que opinou: “Importantíssimo você ver a arte como meio de transformação, então promover ações como essa dentro da escola é fundamental para inclusão social dos alunos, eu acho que a gente ganha muito. A gente ganha com a cidadania, mas ganha com a valorização e o resgate da cultura popular. Então esses meninos podem viver a cultura popular e conhecer nomes, dança, arte e uma parceria da prefeitura com a Polícia Militar quebra tabus, porque a polícia tem muito o olhar da repressão e a ideia não é reprimir, é manter a segurança. Então quando a polícia se junta com a prefeitura e ela traz outras secretarias, como educação, cultura, turismo, assistência e saúde para junto a gente consegue obter o resultado que a gente viu hoje aqui, com esses meninos felizes, alegres e um município humanizado, acho que essa é a ideia”. 


Joselma Melo, secretária executiva de Educação, estava entre os jurados e falou sobre essa atividade. “A subtenente Jeanne nos procurou, nós participamos de uma reunião onde ela convocava todos os alunos para participarem desse momento cultural dentro da nossa cidade, com a parceria da Prefeitura de Gravatá, com a Secretaria de Educação, e nós fomos em busca deles. Eles vieram participar, contamos com a colaboração dos nossos professores, gestores, de dança também, que vieram aqui e demonstraram que nossos alunos têm talento. Eles mostraram que realmente a cultura pernambucana, a cultura gravataense está nas entranhas”.  


Cada escola ganhou medalha e troféu de participação. 


Reportagem: Ana Paula Figueirêdo
Fotos: Anderson Souza (SECOM)

Comentários

Prefeitura de Gravatá

Postagens mais visitadas deste blog

OUTUBRO ROSA

Postado em 04 de outubro de 2023 Inteligência Artificial e rastreamento personalizado são os novos aliados no combate ao câncer de mama   O combate ao câncer de mama ganhou uma poderosa aliada: a inteligência artificial. É uma notícia alentadora em meio ao crescimento de taxas de câncer de mama em países como o Brasil e surge como reforço ao movimento internacional Outubro Rosa. Nenhuma tecnologia substitui o cuidado humanizado com a saúde da mulher, mas especialistas destacam que a Inteligência Artificial (IA) tem feito grande diferença na rotina diagnóstica, ajudando a melhorar a qualidade das imagens e apontando achados sutis que podem mostrar o câncer em estágios iniciais. O indicativo é que a IA pode contribuir a partir dos algoritmos de “deep learning”, com o objetivo de potencializar o aprendizado de máquinas, utilizando técnicas avançadas que empregam um raciocínio similar ao ser humano, fazendo com que as máquinas aprendam padrões por meio das redes neu

Atenção!

Postado em 19/04/23 A Prefeitura de Gravatá informa que na manhã desta quarta-feira (19), um jacaré foi capturado na Rua Quintino Bocaíuva, próximo ao Rio Ipojuca. A equipe da Guarda Municipal passava no local quando foi comunicada e, ao isolar o local, acionou o Corpo de Bombeiros para a captura do animal. Alertamos a todos que se avistarem algum animal selvagem, não se aproximem e acionem imediatamente a equipe da Defesa Civil, Guarda Municipal ou Corpo de Bombeiros para realizar a captura. Mantenha-se seguro e alerta em sua comunidade, e sempre comunique às autoridades caso observe algum animal que possa representar um risco. Juntos, podemos manter nossa cidade segura! Gravatá, 19 de abril de 2023. - Defesa Civil e Guarda Municipal 0800 000 1379 - Bombeiros Militar 193

Fortes chuvas

Postado em 25/05/22 Alepe suspende trabalhos presenciais, mas mantém expediente remoto A Assembleia Legislativa de Pernambuco decidiu suspender o expediente presencial nesta quarta-feira (25/05) em virtude das fortes chuvas que atingem o Recife e a Região Metropolitana do Estado. As atividades administrativas, no entanto, estão mantidas de forma remota para não comprometer a gestão da Casa.  “Diante dos riscos que a chuva traz com alagamentos e outros transtornos, a prioridade deve ser a segurança. Temos condições de manter as atividades de forma remota, preservando a integridade dos servidores e seguindo com nossas tarefas no Legislativo”, informou o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PSB).  As reuniões das comissões, assim como a sessão plenária, previstas para esta quarta, serão retomadas na próxima semana. Para amanhã, a biblioteca da Alepe promove mais uma edição do “Clube da Leitura” com debate sobre a obra de Michel A. Singer: “A alma indomá