Pular para o conteúdo principal

Publicidade

Publicidade
Seu Verão também é aqui

Com parecer do TCE para rejeição, contas do ex-prefeito Daniel Alves serão julgadas na Câmara de Chã Grande

                                                        (Foto: reprodução/internet)

Na próxima quarta-feira (15), a Câmara de Vereadores de Chã Grande colocará em pauta a prestação de contas do ex-prefeito Daniel Alves referente ao ano de 2015. O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), que apontou irregularidades nas contas do ex-prefeito, recomendou à Câmara a votar pela rejeição das contas de Daniel Alves.

Entre as várias irregulares apontadas, a auditoria do TCE-PE levantou que o ex-prefeito de Chã Grande apresentou demonstrativos contábeis com inúmeras falhas relativas aos registros das receitas, despesas superiores a arrecadação de receitas do município e um déficit de execução orçamentária de R$ 649.571,79. Em virtude das irregulares, além recomendar pela reprovação das contas de Daniel Alves, o TCE-PE determinou a aplicação de uma multa no valor de R$ 49.770,00 ao ex-prefeito.

Derrotado quando tentou a reeleição em Chã Grande no ano de 2016, Daniel Alves precisa dos votos de oito dos onze vereadores da Câmara Municipal para ter suas contas aprovadas. Como o julgamento técnico do TCE deu parecer para rejeição das contas do ex-prefeito, os vereadores que contrariarem a recomendação do Tribunal de Contas e votarem pela aprovação das contas do ex-prefeito terão que trazer uma fundamentação para justificar o voto.

Além disso, o Tribunal de Contas já encaminhou as prestações de contas do último ano de gestão do ex-prefeito, em 2016, com um parecer técnico que recomenda aos vereadores a votar novamente pela rejeição das prestações. Porém, a votação que julgará as contas do exercício da gestão do ano de 2016 de Daniel Alves ainda não tem uma data definida na Câmara.

Com o grupo político do atual prefeito de Chã Grande, Diogo Alexandre (PL), saindo ainda mais fortalecido ao conseguir uma votação esmagadora aos deputados apoiados em comparação aos apresentados por ele, Daniel Alves migrou e se apresenta como pré-candidato a prefeito em Gravatá pelo PSC. Porém, caso os vereadores de Chã Grande acatem a recomendação do TCE e reprovem as contas referentes a sua gestão no ano de 2015, Daniel fica inelegível por oito anos e não poderá participar da corrida eleitoral pela Prefeitura de Gravatá.

Apesar de ter migrado para disputa em Gravatá, o ex-prefeito Daniel Alves permanece como grande figura do grupo de oposição em Chã Grande, que conta com os vereadores Dandão (PDT), Sérgio do Sindicato (PT) e a sua filha Danielle Alves (PDT). A votação que definirá a situação eleitoral do ex-prefeito será realizada às 20h, com transmissão ao vivo na página no facebook da Câmara dos Vereadores de Chã Grande.

Comentários

Prefeitura de Gravatá

Postagens mais visitadas deste blog

OUTUBRO ROSA

Postado em 04 de outubro de 2023 Inteligência Artificial e rastreamento personalizado são os novos aliados no combate ao câncer de mama   O combate ao câncer de mama ganhou uma poderosa aliada: a inteligência artificial. É uma notícia alentadora em meio ao crescimento de taxas de câncer de mama em países como o Brasil e surge como reforço ao movimento internacional Outubro Rosa. Nenhuma tecnologia substitui o cuidado humanizado com a saúde da mulher, mas especialistas destacam que a Inteligência Artificial (IA) tem feito grande diferença na rotina diagnóstica, ajudando a melhorar a qualidade das imagens e apontando achados sutis que podem mostrar o câncer em estágios iniciais. O indicativo é que a IA pode contribuir a partir dos algoritmos de “deep learning”, com o objetivo de potencializar o aprendizado de máquinas, utilizando técnicas avançadas que empregam um raciocínio similar ao ser humano, fazendo com que as máquinas aprendam padrões por meio das redes neu

Atenção!

Postado em 19/04/23 A Prefeitura de Gravatá informa que na manhã desta quarta-feira (19), um jacaré foi capturado na Rua Quintino Bocaíuva, próximo ao Rio Ipojuca. A equipe da Guarda Municipal passava no local quando foi comunicada e, ao isolar o local, acionou o Corpo de Bombeiros para a captura do animal. Alertamos a todos que se avistarem algum animal selvagem, não se aproximem e acionem imediatamente a equipe da Defesa Civil, Guarda Municipal ou Corpo de Bombeiros para realizar a captura. Mantenha-se seguro e alerta em sua comunidade, e sempre comunique às autoridades caso observe algum animal que possa representar um risco. Juntos, podemos manter nossa cidade segura! Gravatá, 19 de abril de 2023. - Defesa Civil e Guarda Municipal 0800 000 1379 - Bombeiros Militar 193

Fortes chuvas

Postado em 25/05/22 Alepe suspende trabalhos presenciais, mas mantém expediente remoto A Assembleia Legislativa de Pernambuco decidiu suspender o expediente presencial nesta quarta-feira (25/05) em virtude das fortes chuvas que atingem o Recife e a Região Metropolitana do Estado. As atividades administrativas, no entanto, estão mantidas de forma remota para não comprometer a gestão da Casa.  “Diante dos riscos que a chuva traz com alagamentos e outros transtornos, a prioridade deve ser a segurança. Temos condições de manter as atividades de forma remota, preservando a integridade dos servidores e seguindo com nossas tarefas no Legislativo”, informou o presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PSB).  As reuniões das comissões, assim como a sessão plenária, previstas para esta quarta, serão retomadas na próxima semana. Para amanhã, a biblioteca da Alepe promove mais uma edição do “Clube da Leitura” com debate sobre a obra de Michel A. Singer: “A alma indomá